O Grêmio entra em campo na tarde desse sábado, 16, às 14 horas (horário cearense), diante do Real Madrid, no estádio Zayed Sports City, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes. A finalíssima do Mundial de Clubes terá transmissão da TV Verdes Mares.

A grande expectativa para os cearenses é que o conterrâneo Éverton, natural de Maracanaú, onde jogou nas categorias de base do Maracanã antes de se transferir para o Fortaleza, e autor do gol da vitória gremista diante dos mexicanos do Pachuca – que carimbou passaporte do tricolor gaúcho à finalíssima em busca do bicampeonato mundial- possa ser novamente utilizado pelo técnico Renato Gaúcho, dessa vez frente ao todo poderoso Real Madrid.

O atacante de apenas 21 anos de idade ganhou os holofotes e chegou a ser tietado por japoneses quando o elenco foi às compras em um raro dia de folga ao chegarem em Abu Dhabi para a grande decisão ante os merengues.

Já o técnico Renato Gaúcho, em coletiva, admitiu que o Real Madrid possui grandes jogadores, mas ressaltou que seus comandados estão preparados para enfrentar a partida da final do Mundial de Clubes da Fifa.

A dúvida entre Jael ou Lucas Barrios como referência no comando de ataque permanecerá até minutos antes de a bola rolar. O comandante tratou de atentar para a importância daquele que ficar no banco para o decorrer da partida. “Quem ficar do meu lado no banco pode ter certeza que também está preparado e tem condições de atuar”, reforçou. “Um jogador de futebol tem que estar preparado para tudo. O Grêmio se preparou e impressionou por ter um dos melhores jogos do Brasil. O Real Madrid tem grandes jogadores, mas o Grêmio está preparado para enfrentá-lo”, disse.

Sempre irreverente, Renato fez uma analogia pra lá de peculiar ao se referir sobre a ambição gremista. “O Real Madrid é o favorito, mas o Grêmio não veio para tomar vinho ou comer churrasco. Veio para jogar e brigar. Vamos dar tudo e o time vai suar a camisa”, explicou.

Diante do encontro entre o maior ídolo da história do Grêmio e Cristiano Ronaldo, se configurou inevitável abordar a antiga declaração do treinador sobre ser melhor que o craque português. Enumerando virtudes de CR7, que terá como adversário na final do Mundial, Renato tratou de endossar sobre quem foi melhor.

“Mantenho o que disse. Cristiano Ronaldo é um dos melhores jogadores do mundo, tem grandes qualidades. Tenta quebrar seus recordes, o admiro. É generoso e com muitas qualidades. Mas muita gente só viu Ronaldo jogar. Tenho grande admiração por Ronaldo, mas eu também tinha grandes jogos”, indicou.

Coletiva

A tônica da última coletiva de Portaluppi, antes do confronto que pode ser histórico para a metade tricolor do Rio Grande do Sul, residia em reconhecer os pontos fortes do milionário time espanhol, mas, também, afirmar que o estilo de jogo vencedor do Grêmio não sofrerá mudanças bruscas em virtude da imponência adversária.

“Temos respeito pelo Real Madrid, mas o Grêmio também tem seus pontos fortes. Meu time respeita qualquer rival, mas o Grêmio tem sua maneira de jogar e tem pouco tempo para mudar essa maneira”, afirmou.

“Procurei implantar um futebol ofensivo, com muita confiança e responsabilidade. Os jogadores recebem muitas instruções normalmente e chegam muitas coisas na cabeça.

Eu só digo quatro coisas elementares para que tenham claro o que precisam fazer. Assim conseguimos um futebol bonito, ofensivo e que gostamos. Se foi elogiado em todo o país, é que existe algo de verdade”, explicou.

Renato ainda afirmou ser fácil treinar o Real Madrid.

Com informações do Diário do Nordeste